Mulher é morta pelo marido ao se tornar cristã

Compartilhe:

 

 

Mulher é morta pelo marido ao se tornar cristãMulher é morta pelo marido ao se tornar cristã

Uma mulher morreu depois de ser espancada por seu marido na cidade de Boreda, na Etiópia. O crime aconteceu no dia 22 de junho e a vítima é Maria Yusuf, uma recém convertida cristã que estava sendo agredida por seu esposo por não negar a fé em Jesus.

Maria era muçulmana quando se casou, mas se tornou cristã há dois anos. O marido de Maria não aceitava a conversão e ela passou a ser vítima de violência doméstica, chegando até a denunciá-lo para as autoridades locais.

Naquela cidade da Etiópia a maioria da população é cristã, mas de acordo com o ministério Portas Abertas os muçulmanos da região está fazendo pressão e os conflitos religiosos estão sendo cada vez mais comuns.

Ao que parece muitas pessoas que se tornam cristãs são forçadas a negarem a fé em Jesus e voltar a se assumirem muçulmanos.

Uma fonte do Portas Abertas era conhecida de Maria e chegou ao local do crime pouco antes de sua morte e pode ouvi-la dizendo: “Ele me matou.” O acusado foi preso e a autópsia revelando o motivo da morte ainda não foi divulgada ao público.

Comente



  
  

  contato@mantenaterraboa.com.br

 

   Categorias
 
    -
Destaques                 - Página Policial
    - Cidade                        - Política         
    -
Educação                  - Geral
    - Esporte                       - Eventos
    -
Estado                        - Mundo Gospel
    - Eventos                      - Dicas de Saúde 
    - Mensagens                - Videos

 

   Redes sociais

        


 
É livre a reprodução das publicações contidas
neste site, ressalvando direitos e autorias
de terceiros

 
© 2016 - Desenvolvido por Webmundo Soluções Interativas