Jogador cristão diz que abdicou do sexo até o casamento: “Foi muito importante para nós”

Compartilhe:

1375508412-philip-riversO princípio de reservar o sexo apenas para o casamento é algo que gera espanto entre as pessoas que não são convertidas ao Evangelho, mas para quem o segue, torna-se algo primordial na vida. O jogador Philip Rivers é mais um a ressaltar isso.

Quarterback de um dos principais times de futebol americano, Philip Rivers é visto como um talentoso jogador e com sucesso na sua profissão, Recentemente, concedeu uma entrevista e falou sobre a importância da fé e dos princípios cristãos em sua jornada pessoal, e os reflexos disso na sua atividade profissional.

 

Rivers, hoje aos 35 anos, casou-se aos 19. Sua carreira na National Football League (NFL) começou em 2004, no Los Angeles Chargers, e desde 2006 é um dos principais nomes do time, com média de 20 touchdowns por temporada e cinco convocações para o Pro Bowl. Para alguns, ele está no caminho de se tornar o maior atleta do time em todos os tempos.

“Minha fé sempre foi muito importante para mim”, disse Rivers ao pastor Miles McPherson, líder da Rock Church (Igreja da Rocha, em tradução livre), durante um programa. “Quando eu fui para a faculdade eu tive de me firmar ainda mais. Eu tive que deixar o dormitório e ir para a igreja no domingo. Foi quando eu assumi minha fé”, acrescentou.

Abraçar a fé, frisou o jogador, incluiu abrir mão do sexo fora do casamento, mesmo que ele e a esposa, Tiffany, tenham começado a namorar na sétima série. “Permanecer puro, ser casto, foi muito importante para nós. Obviamente, tivemos outras dificuldades para casar. Eu não tinha um centavo, por exemplo”, relembrou.

Hoje, pai de oito filhos, Rivers sublinha que seu casamento continua feliz: “O centro do nosso casamento e a base do nosso relacionamento sempre foi Jesus. É por isso que tudo tem dado certo”, revelou.

Na conclusão, demonstrou que tem a exata noção do quanto é abençoado: “Muitas vezes pensamos que estamos muito longe de Deus ou não somos dignos de sua graça. Somente pela misericórdia e graça de Deus. Não somos dignos mesmo, somos todos pecadores, mas pelo fato de Jesus morrer pelos nossos pecados, fomos justificados”.

Comente



  
  

  contato@mantenaterraboa.com.br

 

   Categorias
 
    -
Destaques                 - Página Policial
    - Cidade                        - Política         
    -
Educação                  - Geral
    - Esporte                       - Eventos
    -
Estado                        - Mundo Gospel
    - Eventos                      - Dicas de Saúde 
    - Mensagens                - Videos

 

   Redes sociais

        


 
É livre a reprodução das publicações contidas
neste site, ressalvando direitos e autorias
de terceiros

 
© 2016 - Desenvolvido por Webmundo Soluções Interativas